Getsêmani

Getsêmani (português brasileiro) ou Getsémani (português europeu) (em grego: Γεθσημανή, transl. Gesthēmani; em hebraico: גת שמנים, transl. Gat Shmanim, do aramaico גת שמנא, Gat Shmānê, literalmente “prensa de azeite”) é um jardim situado no sopé do Monte das Oliveiras, em Jerusalém (atual Israel), onde acredita-se que Jesus e seus discípulos tenham orado na noite anterior à crucificação de Jesus. De acordo com o Evangelho segundo Lucas, a angústia de Jesus no Getsêmani foi tão profunda que “seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão.”

Getsêmani apareceu no original grego dos Evangelhos (Mateus 26:36 e Marcos 14:32) como Γεθσημανι (Gethsēmani), nome derivado do aramaico גת שמנא (Gaṯ-Shmānê), que significa “prensa de azeite”. Em Marcos, ele é chamado de chorion, “lugar” ou “propriedade”; já em João 18:1, ele aparece como um kepos, “horto” ou “jardim”.

O jardim identificado como Getsêmani se localiza ao pé do Monte das Oliveiras, no vale do Cédron. Diante do jardim está a Igreja de Todas as Nações, também conhecida como Igreja da Agonia, construída no sítio de uma igreja destruída em 614 pelos sassânidas, e que posteriormente foi reconstruída pelos cruzados e destruída novamente em 1219. Nas proximidades se encontra a Igreja Ortodoxa Russa de Santa Maria Madalena, com suas torres bulbosas douradas, no estilo russo-bizantino, construída pelo czar Alexandre III da Rússia em memória de sua mãe.

CONHEÇA MAIS SOBRE O GETSÊMANI

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE PACOTES PARA ISRAEL

Preencha o formulário e receba mais informações de pacotes para Israel: